Quinta-feira, 23 de Abril de 2009

MARQUÊS DE POMBAL

 

DA MEMÓRIA…JOSÉ LANÇA-COELHO
 
O LUGAR DO NASCIMENTO DO MARQUÊS DE POMBAL
 
            Relativamente ao local onde o Marquês de Pombal terá nascido, existe uma polémica que divide os seus contentores entre Lisboa e Soure.
            Assim, de seguida, iremos assinalar o que dizem diversas fontes, percurso que nos levará a tratar de vários assuntos que, forçosamente, entroncam na problemática enunciada.
            De acordo com o historiador Joaquim Veríssimo Serrão (1), Sebastião José de Carvalho e Melo nasceu em Lisboa a 13 de Maio de 1699, sendo baptizado a 6 de Junho na freguesia de Nossa Senhora das Mercês. Esta afirmação pode ser comprovada no Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Freguesia de N.ª S.ª as Mercês, Baptizados (1685-1745), livro 2 B, fol. 80, onde se pode ler, atestado pelo cura Luiz de Lima: «Aos seis de Junho de seiscentos e noventa e nove baptizei a Sebastião, filho de Manuel de Carvalho e Ataíde, e de sua mulher D. Teresa Luiza de Mendonça: padrinho Sebastião de Carvalho e Mello [avô paterno do futuro marquês de Pombal]».
            Veríssimo Serrão afirma de seguida, que já se pretendeu que Carvalho e Melo, tivesse nascido numa quinta no termo de Soure, tendo sido a criança levada para a freguesia de seus pais, com o objectivo de aí ser baptizada, porém, esta hipótese cai por terra se considerarmos que não existem quaisquer razões para obrigar um recém-nascido a viajar 36 léguas, apenas para o sujeitar aos santos óleos em Lisboa.
            Outro, dos muitos historiadores que trataram a biografia de Carvalho e Melo, foi Mário Domingues (2), que afirma que a única coisa que sabemos da infância de Sebastião José é que nasceu em 13 de Maio de 1699, em Lisboa, naquele palacete da antiga Rua Formosa (hoje Rua do «Século»), e foi baptizado ali perto, na capela das Mercês. A hipótese Soure não é sequer ventilada por este historiador para atribuir o lugar de nascimento do futuro marquês de Pombal, só mencionando esse local para afirmar que nele, o conde de Oeiras terá passado os melhores anos da sua juventude, levando uma vida austera mas, ao mesmo tempo, de muito estudo.
            Também a romancista Agustina Bessa-Luís (3) dedicou uma biografia ao marquês de Pombal, porém, dos três autores citados até ao momento, ela é a única que defende que Sebastião José terá nascido em Soure. Vejamos a explicitação do seu raciocínio. O pai de Pombal, Manuel de Ataíde, teria ido para Lisboa, tomar posse da Companhia de Cavalos, deixando a mulher em Soure – local onde o casal se refugiara, tal como o fez, anteriormente, o avô de Sebastião José, e, posteriormente, o fará este último. A mãe do futuro conde de Oeiras tê-lo-à dado à luz neste lugar, porém, o que não parece viável à autora da Sibila, é que a parturiente se tenha deslocado a Lisboa, vinte e quatro dias depois (6 de Junho de 1699) para o baptizar, uma vez que a viagem era penosa por maus caminhos e lugares despovoados – note-se que esta é precisamente o contrário da tese defendida por Veríssimo Serrão - acreditando que tenha sido o avô e único padrinho, que tenha omitido o local do nascimento.
 
 
NOTAS:
(1)    Joaquim Veríssimo Serrão, O Marquês de Pombal – o homem, o diplomata e o estadista, Câmaras Municipais de Lisboa, Oeiras e Pombal, Lisboa, 1982, p. 10.
(2)    Mário Domingues, Marquês de Pombal – o homem e a sua época, Prefácio – Edição de Livros e Revistas, Lda, Lisboa, 2002, p. 29.
(3)    Agustina Bessa-Luís, Sebastião José, Imprensa Nacional – Casa da Moeda, Lisboa, 1981, p. 12.
publicado por cempalavras às 22:56
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. ...

. DIÁRIO IRREGULAR

. ORAÇÃO A DEUS, de VOLTAIR...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

.arquivos

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Setembro 2012

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds